Wikia

Vici de LFN

Vici de LFN:Gramatica completa (portuges)

Talk0
2,922pages on
this wiki

Esta article nesesa coreti. Si tu parla bon LFN e pote coreti el, fa per favore, e sutrae esta indica cuando el pare bon.


Substantivos pluraisEdit

-s (ou -es após uma consoante) indica o plural.

O -s e o -es não mudam o acento original da palavra: Gáto, gato… Gátos, gátos, Óm, homem… Ómes, homens. Note que os adjetivos não levam terminações de plural.

Se houver outras palavras (tais como multe ou números) que indicam pluralidade, -s pode ser omitido.

O gênero não é indicado na maioria dos substantivos. Para animais, use mas e fema como adjetivos depois do substantivo.

Algumas famílias de substantivos usam -o para o masculino, e -a para o feminino:

  • fia/fio, ava/avo, tia/tio, sobrina/sobrino, neta/neto, sposa/sposo

Há também algumas palavras que usam palavras diferentes para o masculino e feminino:

  • madre/padre, sore/frate, dama/cavalor, rea/re, diva/dio, seniora/senior

Finalmente, há alguns termos de estatuto antiquados que usam -esa para o feminino:

  • prinse/prinsesa, duxe/duxesa, marci/marcesa, conte/contesa, baron/baronesa, abade/abadesa

ArtigosEdit

Há dois artigos em LFN:

  • o, a -- la
  • um, uma -- un

Os artigos são uma característica de muitas línguas, mas são ausentes em várias outras. Por poderem ser difíceis, os artigos podem ser omitidos em uma comunicação ocasional. Omitir artigos é comum em muitas línguas ao escrever notas rápidas, e raramente resulta em enganos.

La é usado antes de todo substantivo que se refira a algo ou alguém que foi mencionado previamente, ou cuja identidade é conhecida pelo ouvinte (isto é o ouvinte sabe de quem eu estou falando, ou pode ver a pessoa ou a coisa a que eu me refiro, etc.). Pode ajudar pensar nele como uma fórmula “neutra” de 'este ' ou 'aquele' ('esta ou acel). Use o la onde você poderia apenas também usar esta ou acel. La é usado com substantivos singulares e plurais.

Un é usado antes de todo substantivo que se refira a algo ou a alguém que esteja sendo introduzido na conversação pela primeira vez, e cuja identidade é desconhecida ao ouvinte. Use o un onde você usaria algum (alga) se a palavra estivesse no plural. Un significa também 'um'. Não há nenhum artigo indefinido para substantivos plurais, ou seja, não há equivalentes para 'uns' ou 'umas'.

A preposição de (de) é usada sem artigo para expressar o sentido partitivo, por exemplo un tas de café… uma xícara de café, la peso de torta… o pedaço de bolo.

Nenhum artigo é usado quando uma palavra está sendo usada em um sentido genérico, por exemplo me ama cafe, torta es bon, la comandante de polisia, var a scola… Eu gosto de café, bolo é bom, o chefe de polícias, ir à escola.

Este, aquele, muitos, poucos, etc.Edit

  • este(s), esta(s) -- esta
    • esta person, esta persones -- esta pessoa, estas pessoas
    • estas -- estes (como o pronome)
  • aquele(s), aquela(s) -- acel
    • acel person, acel persones -- aquela pessoa, aquelas pessoas
    • aceles -- aqueles (como o pronome)
  • cada, cada um -- cada
    • cada person -- cada pessoa
  • nenhum, nenhuma -- no
    • no person -- nenhuma pessoa, ninguém
  • todos, todas -- tota
    • tota persones -- todas as pessoas, todo mundo, todos
  • muitos, muitas -- multe
    • multe persones -- muitas pessoas
    • la multe persones -- as muitas pessoas
  • alguns, algumas -- alga
    • alga persones -- algumas pessoas
  • poucos, poucas -- poca
    • poca persones -- poucas pessoas
    • la poca persones -- as poucas pessoas
  • ambos, ambas -- ambos
    • ambos persones -- ambas as pessoas
  • bastantes -- basta
    • basta persones -- bastantes pessoas
  • demasiado(s), demasiada(s), demais -- tro
    • tro persones -- pessoas demais

As partículas precedentes frequentemente substituem o la ou o un e adicionam um grau de precisão. Os seguintes requerem um artigo a menos que plural:

  • mesmo(s), mesma(s) -- mesma
    • la mesma person, la mesma persones -- a mesma pessoa, as mesmas pessoas
  • outro(s), outra(s) -- otra
    • la otra person, la otra persones -- a outra pessoa, as outras pessoas
    • un otra person, otra persones -- uma outra pessoa, outras pessoas
    • otras, la otras -- (os) outros, (as) outras (como o pronome)

Todas as partículas precedentes podem ser usadas como pronomes, sozinhas ou seguidas por…

  • uns, umas -- un, unes
  • pessoa -- person
  • coisa -- cosa
  • tempo -- ora (época, hora do dia)
  • vez -- ves (ocasião)
  • lugar -- parte (área)
    • loca (posição)
  • uma quantidade, quantidade -- cuanto
  • maneira, maneira como, modo -- modo
  • caso, situação, circunstância -- caso

Outras partículas:

  • tal, tais -- tal
    • tal persones -- tais pessoas
  • certo(s), certa(s) -- serta
    • un serta person, serta persones -- uma certa pessoa, certas pessoas
  • diversos, diversas, vários, várias -- varios
    • varios persones -- várias pessoas
  • único(s), única(s) -- sola
    • la sola person, un sola person -- a única pessoa, uma única pessoa

PronomesEdit

  • me -- eu, me, mim, meu(s) minha,(s)
  • tu -- tu, te, ti, teu(s), tua(s), você, seu
  • el -- ele, seu, dele, ela, sua, dela, o, a (pronomes)
  • nos -- nós, nos, nosso(s), nossa(s)
  • vos -- vós, vos, vosso(s), vossa(s), vocês, seus
  • los -- eles, elas, seus, deles, delas, os, as (pronomes)

me, tu, nos, e vos são usados também como possessivos, e colocados antes do substantivo possuído. A posse também pode ser indicada pela frase de me, etc. Minha casa pode ser me casa ou casa de me.

Se é o pronome reflexivo e possessivo para a terceira pessoa, singular e plural.

  • El ia colpe se -- ele se bateu, ele bateu em si mesmo
  • El ia colpe se peto -- ele bateu em seu peito

Os possessivos são sempre adjetivos. O(s) meu(s), o(s) seu(s), etc. são expressos por me, tu, se, etc. seguidos por um substantivo, por exemplo.

  • me cosas, tu juetas, etc. -- (as) minhas coisas, (os) teus brinquedos

Note que não há nenhuma forma especificamente masculina, feminina, ou neutra da terceira pessoa. Se o gênero for importante, pode-se usar frases como la om…, la fem…, la fia…, la fio…. Há uma forma especial de demonstrativo que é usado somente para coisas, especialmente quando é importante distingui-las das pessoas em uma sentença:

  • esa -- ele, este, aquele
  • esas -- eles, elas, estes, aqueles

Não há nenhuma distinção de polidez ou de formalidade nas palavras tu e vos ao contrário de diversas línguas que originaram a LFN.

On - pronome geral como o “man” alemão ou o francês “on.” O usar un person ou persones. Não usar un!

Quem, que, onde, quando, etc.Edit

Um pronome interrogativo é usado para formar perguntas:

  • Quem é aquele homem? Ci es acel om?

Um pronome relativo é usado para introduzir uma cláusula relativa (ver abaixo):

  • Ele é o homem que viu o acidente. El es la om ci ia vide la acaso.

Os interrogativos e os relativos em LFN são idênticos...

  • que -- ce
  • quem -- ci
  • qual, quais (de diversos) -- cual
  • de quem -- de ci
  • como -- como
  • quanto(s)/quanta(s) -- cuanto
  • quando -- cuando
  • onde – do
  • por que (pergunta) -- per ce

"Por que?" tem duas respostas possíveis:

  • porque -- car
  • de maneira a, a fim de que -- afince

Como, cuanto, cuando, e per ce, quando usados como interrogativos, são essencialmente advérbios, e podem aparecer no início da frase ou imediatamente após o verbo.

  • Como está ele/ela? -- como el es? El es como?

PerguntasEdit

Uma pergunta pode incluir uma interrogativa ou frase interrogativa tal como 'quem', 'o que', ou 'por que', ou pode ser indicada pela entonação apenas. Pode-se também fazer perguntas começando a sentença com a expressão esce? ou adicionando no? (não) ou si? (sim) ao fim da sentença, após uma vírgula:

  • Es ce tu parla Deutx? -- Você fala alemão?
  • Tu parla Italian, si? -- Você fala italiano, sim?

Na escrita, as perguntas terminam sempre com um ponto de interrogação (?).

  • Tu parla Italian? -- você fala italiano?

Presente, passado e futuroEdit

  • ia indica o tempo passado.
  • va indica o tempo futuro.

O tempo atual é indicado pela forma básica.

  • El canta… -- ele canta
  • El ia canta… -- ele cantou/cantava
  • El va canta… -- ele cantará, ele vai cantar

Não é necessário indicar-se o tempo verbal se ele já tiver sido claramente indicado por uma outra palavra na mesma frase:

  • El canta doman -- ele canta (cantará) amanhã.

O condicionalEdit

As cláusulas condicionais são aquelas que contém 'se' ou 'se… então'. A natureza condicional da ação pode ser compreendida diretamente pela inclusão de si (se) ou si...donce… (se...então). Pode também ser expressa com os verbos auxiliares 'pote' ou 'vole'. Finalmente, pode ser expressa diretamente colocando-se a partícula 'ta' antes do verbo.

  • Si me ia ave moneta, donce me dona alga a tu.
  • Si me ave moneta, donce me va dona alga a tu.
  • Si me ave moneta, me dona alga a tu.
  • Si me ave moneta, me pote dona alga a tu.
  • Si me ave moneta, me vole dona alga a tu.
  • Si me ta ave moneta, donce me ta dona alga a tu.

Ta indica toda a ação que não for real ou factual, e assim pode ser usada para expressar as situações que outras línguas expressam com tempos do condicional e do subjuntivo. Não deve ser usado quando a ação é real, normal, factual, ou provável:

  • Si tu no ama un bebe, el va cria.
  • Si no pluve, nos va vade a la plaia.

O SubjuntivoEdit

A maneira básica expressar o subjuntivo é usar o verbo normal em qualquer tempo verbal que você necessitar. A natureza irreal é suficientemente expressa pelas palavras 'dúvida', 'desejo', etc. Pode-se também indicar o subjunctive com os verbos auxiliares pote' e vole; Pote e de ia pote (pode/pôde) na verdade significam "pode"; vole e ia vole (quer/quis) significam "pretende…", "tem intenção de…".

  • El vole ce el pote fa esta -- ele deseja(ria) poder fazer isso.
  • Me duta ce el vole fa esta -- duvido que ele queira fazer isso / eu duvido que ele o faria.

Ta (traduzida aproximadamente como “poderia”) pode também ser usada indicar o subjuntivo, se desejado:

  • El vole ce el ta fa esta.
  • Me duta ce el ta fa esta.

Ta também pode ser usado simplesmente para indicar vontade, desejo, ou crença:

  • Tu renia ta veni. -- (que) venha o Teu reino.
  • Nos ta vade. -- Vamos.

Passivo, continuativo e perfeitoEdit

O passivo é indicado pelo verbo es seguido pelo particípio passivo (-da):

  • El ia es comeda… -- foi comido/a.

Se você desejar incluir o agente da passiva original, use par:

  • El ia es comeda par me… -- foi comido por mim (eu o comi).

A construção continuativa consiste no verbo es seguido pelo particípio ativo (-nte):

  • Me es comente… Eu estou comendo.

Não há nenhuma distinção perfeito-imperfeito. As nuances destes podem ser sugeridas, se necessário, por advérbios. Por exemplo…

Ja (já) pode ser usado sugerir o perfeito:

  • Me come ja -- Eu comi.
  • Me ia come ja -- Eu tinha comido.

Pronto (logo) pode ser usado sugerir um modo inceptivo:

  • Me come pronto -- Eu vou comer, estou a ponto de comer, estou para comer.

Verbos Transitivos e IntransitivosEdit

Os verbos intransitivos podem ser usados sem mudança como verbos transitivos com significado causativo (“fazer, causar ou tornar)”. Se for necessário ser mais claro quanto ao significado pretendido, o uso intransitivo de tal verbo pode ser precedido ou seguido pela forma reflexiva do pronome (me, tu, se, nos, vos, se). Do mesmo modo, o uso transitivo pode explicitado com o verbo auxiliar fa (fazer).

  • El senta = El se senta -- ele se senta
  • Me umidi la sala = Me fa umidi la sala -- eu umidifico a sala (faço umedecer)

Verbos auxiliaresEdit

Os verbos auxiliares são seguidos pelo forma simples do verbo.

  • fazer, causar… -- fa
  • deixar, permitir… -- permete
  • dever… -- debe
  • querer, pretender… -- vole
  • poder… -- pote
  • saber… -- sabe
  • ir, começar… -- vade
  • vir… -- veni

Há também uma variedade de verbos auxiliares “atitudinais”, como…

  • esperar (ter expectativa)… -- espeta
  • esperar (ter esperança)… -- espera
  • temer… -- teme
  • preferir… -- preferi
  • hesitar… -- esita
  • ousar… -- osa
  • ameaçar… -- menasa
  • fingir… -- finje
  • aparecer… -- aperi
  • tentar… -- atenta

Verbos usados como substantivosEdit

A forma mais comum do substantivo verbal é o verbo no presente usado sem alteração, para descrever um ato específico, um processo de um ato, ou as conseqüências imediatas de um ato. Dansa, dançar, transforma-se la dansa, a dança; condui, comportar-se, transforma-se la condui, a conduta (o comportamento); corti, cortar, transforma-se la corti, o corte…. Note que esta forma requer um artigo (la ou un) ou o plural (-s).

Para fazer um substantivo abstrato (infinitivo) a partir de um verbo, adicione -r. Pode-se usar o verbo sem alteração, sem artigo ou plural, se o significado abstrato estiver claro pelo contexto. Note que o particípio ativo (-nte) não é usado como um substantivo abstrato.

Verbos usados como adjetivosEdit

Há dois sufixos gramaticais que criam particípios (adjetivos verbais) a partir de verbos:

  • - da indica o particípio passivo,
  • - nte indica o particípio ativo.

São usados como adjetivos e substantivos: Cantada, cantado, canção, aquilo que está sendo cantado; Cantante, cantando, que canta, cantante, cantor, pessoa que está cantando. São usados também formar o passivo e o continuativo, descritos acima.

CláusulasEdit

Como línguas creole em torno do mundo, lingua - o Nova do franca evita sentenças complexas quando possível. Mas inevitàvel, nós encontramos-nos necessitamos usar de qualquer maneira cláusulas. As réguas são diretas:

Uma cláusula relativa é uma cláusula que modifique um substantivo. A cláusula começa com um pronome relativo (ver acima) e segue o substantivo que modifique.

  • La om, ci abita asi, ia vade a Nu Iorc. -- O homem que vive aqui foi a New York.
  • La fem, ci me ama, veni de Frans. -- O amor da mulher (quem) I vem de France.
  • El es la un ci ia vide la acaso. -- É esse quem viu o acidente.

Como você pode ver, o pronome relativo é deixado nunca para fora! O uso das vírgulas suportar a cláusula relativa é opcional.

Uma cláusula relativa nonrestrictive é uma que não é essencial à sentença, mas adiciona somente a informação adicional.

  • La can, ce ave manxas negra, ia morde la polisior. -- O cão, que tem pontos pretos, bocado o polícia.
  • Me padre, ci es retira, abita en Mexico. -- Meu pai, que é aposentado, vive em México.

O Ce está usado não somente para substantivos da “coisa”, mas também quando a cláusula relativa consulta para trás à cláusula prévia inteira:

  • El scrive con se mano sinistra, ce es nonusual. -- Escreve com sua mão esquerda, que é incomun.
  • El salta a un metre alta, ce surprenda tota. -- Saltou um medidor elevado, que surpreendesse todos.

Ci e ce são usados mesmo quando o substantivo modificado é o objeto direto da cláusula relativa:

  • La fia, ci el no atende, departe de el -- A menina (quem) ignorou-o à esquerda.

Se o substantivo for o objeto de uma preposição, essa preposição precede o pronome relativo:

  • Me libro, en ce me scrive el nom, es supra la table. -- Meu livro, em que eu escrevi seu nome, está na tabela.
  • La fia, de ci me ia oblida la nom, sta ante me. -- A menina, cujo o nome eu me esqueci, estou estando antes de mim.

As cláusulas independentes podem estar como sentenças por se, e são ligadas por junções (ver abaixo).

  • Me ia desira la auto, ma me no ia ave la moneta. -- Eu quis o carro, mas eu não tive o dinheiro.

O uso das vírgulas separar as duas cláusulas é recomendado, mas não requerido.

As cláusulas independentes são frequentemente assim independentes que poderiam ser apresentadas como duas sentenças separadas.

  • El ia vole canta e el ia vole dansa, ma el ia es temente. -- Quis cantar e quis dançar, mas estava receoso.
  • El ia vole canta. El ia vole dansa. El ia es temente. -- Quis cantar. Quis dançar. Estava receoso.

Tipos de cláusulas adicionais:

  • Eu sei falar o inglês -- Me sabe parla engles.

Como muitas línguas creole, LFN usa frequentemente dois verbos em ordem se compartilharem do mesmo assunto.

  • Você é bom no inglês falador -- Tu parla bon engles.

O uso complexo dos gerúndios como 'no discurso " é simplificado normalmente.

  • Eu ajudo à criança encontrar sua mãe -- Me aida la enfante trova se madre.

Ce não é usado porque o objeto da ajuda é mais corretamente a criança, melhor que a cláusula inteira.

Mais e menosEdit

O comparativo é expressado com plu; O superlativo com la plu. O comparativo negativo usa o min; O superlativo negativo usa o la min. Por exemplo, plu calda, la plu calda, min calda, la min calda .

  • mais… do que -- plu...ce
  • menos… do que -- min...ce…
  • como… como,… como -- ...como
  • tanto como como, tanto quanto -- cuanto

AdvérbiosEdit

Os advérbios são os mesmos que adjetivos.

PreposiçõesEdit

Há 20 preposições, algumas de que têm finalidades duplas, dependendo de se o contexto indica que nós estamos falando sobre o espaço, o tempo, ou as relações:

Espaço

  • em, a -- a
  • na frente de -- ante
  • atrás de -- pos
  • de, fora de -- de
  • em -- en
  • fora -- estra
  • acima de, excesso, sobre -- supra
  • abaixo, abaixo -- su
  • entre, entre -- entre
  • por, ao lado, até -- asta
  • para -- versa
  • ao longo -- longo
  • através de, completamente -- tra
  • em torno -- sirca
  • oposto -- contra

Tempo

  • em, a -- a
  • antes -- ante
  • em seguida -- pos
  • desde -- de
  • em (daqui) -- en
  • durante -- entre
  • até -- asta

Relações

  • de -- de
  • sobre, concernindo -- supra
  • para, beneficiando-se, em nome de --por
  • por (ator, autor) -- par
  • com, na companhia de, usando-se -- con
  • sem, exceto -- sin
  • oposto, de encontro, apesar de -- contra
  • aproximadamente, ao redor, perto de -- sirca

JunçõesEdit

  • e -- e
  • e … e… -- e… e
  • ou -- o
  • ou… ou -- o… o
  • nem… nem -- 'no... no
  • mas -- ma
  • se, se -- si
  • então, conseqüentemente -- donce
  • porque, a fim de que, de modo que -- per ce
  • embora -- contra ce
  • em seguida -- pos ce
  • antes -- ante ce
  • desde -- de ce
  • até, até -- a ce
  • quando -- entre ce

NúmerosEdit

  • um -- un
  • dois -- du
  • três -- tre
  • quatro -- cuatro
  • cinco -- sinco
  • seis -- ses
  • sete -- sete
  • oito -- oto
  • nove -- nove
  • dez -- des

Uns números mais elevados são construídos como segue:

  • onze -- des-un
  • vinte -- dudes
  • cem -- sento
  • 101 -- sento-un
  • 321 -- tresento-dudes-un
  • 1000 -- mil
  • 45 678 -- cuatrodes-sinco mil sessento-setedes-oto
  • milhão -- milion

Para números mais altamente do que milhões, sistemas diferentes do uso diferente dos países (bilhão contra o milliard…). Nós temos quatro sugestões para LFN:

  • mil milion (10*9), milion milion (10*12), mil milion milion (10*15), etc. (This is good for indicating the true size of large numbers!)
  • des a nove (10*9), des a des-du (10*12), des a des-sinco (10*15), des a des-oto(10*18), des a dudes-un (10*21), des a dudes-cuatro (10*24).
  • giga (10*9), tera (10*12), peta (10*15), exa (10*18), zeta (10*21), iota (10*24).
  • milion a du (10*12 = tera), milion a tre (10*18 = exa), milion a cuatro (10*24 = iota).

Ordinais, frações, múltiplos, etc.Edit

  • primeiramente -- prima

Outros ordinais são os mesmos que cardeais, exceto seguir o substantivo, por exemplo, la om tre, terceiro homem (“homem três”). Isto pode também ser expressado como la om numero tre.

  • inteiro -- completa

Frações construídas com -i, por exemplo di, tri, cuatri,… desi, senti, mili, etc.

  • unitário, simples -- simple

As unidades múltiplas são dadas forma com -uple, por exemplo duple, truple, cuatruple…

  • uma vez que -- un ves
  • duas vezes -- du veses, etc.

A adição é expressada com plu:

  • un plu un es du.

A subtração é expressada com min:

  • ses min tre es tre.

A multiplicação é expressada com ves ou veses:

  • du veses tre es ses.

A divisão é expressada com o divideda par ou par:

  • oto divideda par du es cuatro.

Os poders podem ser expressados com um pote:

  • … a pote du (ou… cuadrida),… a pote tre (ou… cubida),… a pote cuatro, etc.

As raizes podem ser expressadas com radis:

  • ...a radis du (ou la radis cuadro de...), a radis tre (ou la radis cubo de...), a radis cuatro, etc.

Ordem de palavraEdit

A ordem de palavra usual, formal é frase de substantivo sujeita - frase do verbo (- frase de substantivo do objeto), por exemplo, el ia dise esta, disseram aquele.

  • Os objetos do pronome podem ser colocados antes do verbo, por exemplo, nos los ia vide = nos ia vide los, nós vimo-los.
  • As perguntas podem ter o verbo antes do assunto, por exemplo, Parla tu engles? - Tu parla engles? Você fala o inglês?
  • Os comandos e os pedidos podem ser dados forma como o verbo-objeto, com o assunto compreendido, por exemplo, Para = tu para, Batente!
  • Os verbos do zero-lugar são usados sem assunto ou objeto -- Pluve, está chovendo. O* verbo es, para ser, é usado nas construções similares que envolvem adjetivos ou substantivos -- Es bon, é bom, aprovado.

As frases de substantivo são (artigo -) substantivo (- adjetivo), por exemplo, la flor bela, a flor bonita. São tratados também como artigos os demonstratives, os pronomes possessivos, os indefinites, e os números.

  • Nas combinações, os artigos, os demonstratives, e os pronomes possessivos precedem indefinites e números, por exemplo, esta tre omes, estes três homens.
  • Os números depois do substantivo são compreendidos para ser ordinais, por exemplo, la om tre, terceiro homem.
  • Oadjetivos ‘’’bon’’’ (bom) e mal (mau) podem vir imediatamente antes do substantivo. Os adjetivos adicionais seguem o substantivo, separado por vírgulas ou por e (e). Os adjetivos são precedidos normalmente modificando advérbios, por exemplola fem vera bela, mulher muito bonita.

As frases preposicionais são preposição - frase de substantivo e seguem geralmente aquela que modificam, por exemplo, la mus en la casa, o rato na casa.

As frases do verbo são (auxiliar -) verbo (- advérbio), por exemploEl va vade pasea pronto, irá andar logo. Os advérbios e as frases adverbial podem também ser colocados no começo de uma sentença, seguido por uma vírgula.


AfixosEdit

Prefixos básicos

  • des -- verbos: para desfazer… por exemplo o desinfeta, para desinfetar.
  • re- -- verbos: para fazer sobre ou outra vez, suportar sobre, sentido inverso por exemplo, ’’’relua’’’.
  • non- -- adjetivos: não, o oposto de…, por exemplo nonjusta, injusto

Sufixos básicos

Nota: As palavras que terminam em uma vogal perdem essa vogal quando seguidas por um sufixo que comece com uma vogal. Por exemplo flora, floros, florin, flori, floreta, floror, floriste, floreria.

Verbos

  • -i -- dos substantivos: para usar uma ferramenta ou um dispositivo, por exemplo telefoni, para telephone.
  • -i -- dos substantivos ou dos adjetivos: para tornar-se…, por exemplo flori, para florescer.
    • também, para fazer com que ou fazer algo torne-se…, por exemplo umidi.

Adjetivos

  • -nte -- adjetivos (e substantivos) dos verbos: caracterizado fazendo…, um quem…, por exemplo amante, amando, amante.
  • -da -- adjetivos (e substantivos) dos verbos: caracterizado sendo… - ed, um quem é… - o ed, por exemplo amada, amou
  • -able -- dos verbos: capaz de ser… - ada, digno de ser… - ada, por exemplo amable.
  • -in -- dos substantivos: similar a, como…, por exemplo serpentin, serpentina.
  • -os -- dos substantivos: completamente de…, feito de…, por exemplo sucaros, oros, festos.
  • -al -- dos substantivos: pertencendo a, relacionando-se a…, por exemplo nasional, nacional.
  • -an -- dos substantivos: pertencendo a alguma área ou nação, por exemplo americano. (ver a nota com - substantivos inferiores, abaixo do **)
  • -iste -- dos substantivos: pertencendo a uma religião, à filosofia, ou à outra opinião. (ver - o iste sob substantivos, abaixo)

Anotar que os adjetivos deram forma a esta maneira podem também ser usados como substantivos.

Substantivos

  • -or -- dos adjetivos, dos substantivos, ou dos verbos: uma pessoa que faça ou renda (ajustável), faz… (verbo), ou trabalhos com… (substantivo), geralmente como parte de seu ou seu papel ou trabalho, por exemplo dirijor, diretor, carnor, carniceiro.
  • -ador -- dos adjetivos, dos substantivos, ou dos verbos: uma ferramenta, um instrumento, um dispositivo, ou uma máquina que renda ou faça as coisas (ajustáveis), fazem… (verbo), ou trabalhos com… (substantivo), por exemplo lavador, máquina de lavagem, umidador, humidifier, frescador, condicionador de ar.
  • -eria -- dos adjetivos, dos substantivos, ou dos verbos: o lugar do trabalho, de uma loja, carneria, loja de carniceiro.
  • -eta -- dos substantivos: diminutive, versão diminuta, jovem de alguma criatura, roupa interna…, por exemplo floreta, pouca flor, florette.
  • -on -- dos substantivos: augmentive, outsized a versão, roupa exterior…, por exemplo senton, sofa.
  • -o -- dos substantivos, parentes masculinos, por exemplo tio, tio.
    • também: árvores, por exemplo pero, árvore de pera.
  • -a -- dos substantivos, parentes fêmeas, por exemplo tia, tia.
    • também: a fruta ou a porca de uma árvore, por exemplo pera, pera.
  • -ia -- dos substantivos ou dos adjetivos: substantivos abstratos, por exemplo madria, motherhood, jelosia, jealousy…
    • também, uma profissão ou um campo do estudo, por exemplo psicolojia.
  • -isme -- dos substantivos: uma religião ou uma filosofia ou o outro sistema da opinião, por exemplo budisme.
  • -iste -- dos substantivos: um quem adere a uma opinião, por exemplo budiste. (ver - isme)
    • também, um quem pratica uma arte ou uma ciência, geralmente como sua ou sua profissão, por exemplo psicolojiste. (ver - ia) *
  • -an -- dos substantivos, um nativo ou, ou um morador dentro, alguma área ou nação, por exemplo americano (ver adjetivos).
    • também: a língua de alguns área, nação, ou povos, por exemplo italiano, italiano

Compostos

Mais terra comum: Verbo mais o objeto

  • lansapetras -- catapulta
  • pasatempo -- ?
  • cortiunia -- tosquiadeira do prego

Mal ou bon mais o substantivo, o adjetivo, ou o verbo

  • malodoros -- ?
  • bonfortuna -- boa sorte

Adjetivos do substantivo mais o adjetivo

  • oioblu -- ?
  • fasmagra -- fino-enfrentado

Afixos técnicos

Muitos prefixos e sufixos do technica estão disponíveis para a formação consistente de termos técnicos, científicos, e médicos das fontes Latin e gregas. São usados como nas línguas romance, e seguem a régua da transcrição disponível aqui.

PontuaçãoEdit

O período (.) indica o fim de uma sentença completa. A primeira palavra em uma sentença deve capitalized. As vírgulas (,) são usadas separar membros de uma lista, ou frases dentro de uma sentença.

A marca de pergunta (?) é usado no fim das perguntas, e na marca do exclamation (!) no fim das sentenças que devem ser compreendida como tendo uma intensidade emocional se falado.

Dois pontos (:) são usados antes de apresentar uma integral da lista não a uma sentença, e aos semicolons (;) pode ser usado separar os membros de uma lista depois de uns dois pontos que são frases nse.

Hífens (-) e parênteses (()) são usados introduzir a informação adicional dentro do contexto de uma sentença, ou adicionar a informação incidental a um corpo do texto.

As citações são usadas conter o texto que é feito exame de um outro texto ou é falado por alguém. Alguns dos vários formulários das citações podem ser usados (', “, <>, “”, etc.). Se a citação estender além de um parágrafo, o endquote está deixado fora até o parágrafo final.

No general, a pontuação é deixada até o escritor, o padrão que é somente uma da claridade. Sobre o tempo, seria aconselhável planejar padrões para finalidades e o universality ensinando.

Around Wikia's network

Random Wiki